Policiais Federais e Profissionais da Segurança de Alagoas arrecadam alimentos para Policiais do RN

0
346

Em nota e comunicado nas redes sociais, os Policiais Federais e Profissionais da Segurança de Alagoas das diferentes corporações convocam seus pares para ação de solidariedade.

“Meus amigos, acredito que vocês devam estar acompanhando a situação de miséria que estão vivendo nossos irmãos PMs e PCs no Rio Grande do Norte, até suicídio já houve, salários atrasados a meses, só sabe o que é ver seu filho pedindo pão e não ter pra dar quem já passou por isso.
Estava pensando em como ajudá-los…
Vamos convocar a nossa tropa para arrecadar alimentos??!! Independente da polícia que vc pertence, da farda que vc veste, precisamos ajudá-los, o “sistema” é bruto e apenas juntos faremos a diferença!!!
E vamos levar até eles!!!
Precisamos de um responsável em cada unidade( batalhão, delegacia, base… para fazer a arrecadação e dentro de 10 dias levaremos lá.

A fome não espera, temos que agir rápido.
O sofrimento deles hoje, pode ser o nosso amanhã!
Faça a sua parte!

Informações:
Coutinho 988993944 – BPTRAN
Bebeto 988820223 – 4°BPM
Jackson – RP
Petrônio – BPRV
Cap Firmo – 3°BPM
Alçamir – OPLIT
F Alves – 5°BPM
Alcântara – BPESC
Boca – Bombeiros
Flávio Moreno – PF
Cristiano – DEIC
Petrônio – Sistema Penitenciário
Klebert – BPA
Balbino – PRF
Guerra – 2 CPM/I
Paulo Souza – RPMON
Carlos Lima – 8°BPM
Nelson Miranda – GRUP AÉREO
Viviane – aeroporto
Maurício/Hebert/Lopes – ASPOL/PC

Se a sua unidade não consta aqui, tente arrumar ou seja vc o responsável nela!”

A ação dos policiais do Rio Grande do Norte que vivem sem carreira digna e salários contam com total apoio dos Agentes Federais do Brasil, Ordem dos Policiais do Brasil, SINPOFAL, ASPOL, SINDPRF, SINDAPEN e várias unidades policiais.
Além dessas entidades, batalhões e unidades policiais, as Associações militares, dos bombeiros e das demais polícias também estão em campanha. Devemos está unidos nessa missão por mais segurança e por um Plano nacional de segurança que remodele o atual modelo do século XIX, do Brasil Império. Disse o Policial Federal Flávio Moreno, Presidente do Sindicato dos Policiais Federais de Alagoas.

Precisamos de uma profunda reforma da segurança que garanta os direitos dos policiais e da população. Contudo, essa dorme no congresso há mais de 30 anos. A população e os profissionais da segurança não podem pagar a conta da corrupção e má gestão pública. Somos solidários aos policiais. Basta! Concluiu, o Cabo Bebeto, Conselheiro da Ordem dos Policiais do Brasil.